A diretoria do SINDAFA/MG repudia a atitude lamentável, perigosa e irresponsável de um produtor que de maneira abusiva, agrediu fisicamente um colega que atuava na fiscalização. A atitude que consideramos inadequada deve ser rechaçada pela sociedade e punida com os rigores da lei.

Ressaltamos que essa conduta tem sido recorrente durante a atuação de Fiscais Agropecuários e Fiscais Assistentes Agropecuários. Nossos colegas estão sendo vítimas de assédios e violências de todas as naturezas. A escalada de violência que vem ocorrendo em nossa sociedade nos últimos tempos tem colocado os trabalhadores e trabalhadoras como alvos de agressões sórdidas.

As pautas de reivindicações de nossas campanhas dos últimos anos apontam também nossa preocupação com a segurança nos Escritórios Seccionais, Barreiras Sanitárias e outros postos de trabalho.

Estamos à disposição para acolher e defender os nossos colegas e qualquer trabalhador do serviço público que tenha sido violentado em seu sagrado espaço laboral. Reafirmamos que não aceitaremos mais que nossos corpos e almas sejam agredidos por quem quer que seja. Buscaremos os meios legais necessários para reagir ao descaso governamental, à violência física e ao assédio moral e sexual em nossos postos de trabalho.

Diretoria do SINDAFA- MG

 

Confira também a manifestação da Federação Nacional dos Servidores Públicos da Defesa, Fiscalização e Inspeção Agropecuária do Brasil – UNAFA

ANFFA Sindical também se posiciona